O amor é outra coisa #7 Os homens são uma treta. Mas depois nós é que somos as malucas

5 de abril de 2015



Há uma palavra inglesa, gaslighting, que não tem uma tradução literal em português. É qualquer coisa como manipulação e abuso psicológico e refere-se à forma banal com que os homens conseguem convencer as mulheres de que são malucas, ou que estão a exagerar, ou que o problema, ao não ser delas e ser deles é, na verdade, sempre delas, ou que são paranóicas e outros adjectivos que assoberbam o nosso comportamento. O objectivo é simples e serve o propósito de se desviar o foco do problema e fazer com que as mulheres acabem por duvidar delas próprias: o discurso do sou um idiota, desculpa. Mas há outra forma de manipulação que, além de ser mais infeliz, é quase um lugar-comum nos homens: o discurso do foi tudo uma coisa da tua cabeça.

Não é difícil compreender porque, na nossa sociedade, estes discursos manipulativos continuam a ser uma forma de nos desresponsabilizar dos nossos actos. A dicotomia os homens não prestam/as mulheres são melhores é usada pelos próprios homens contra nós. A maioria dos homens não acredita sequer por um segundo que foram idiotas por nos terem magoado. Ao assumirem isso, aos nossos olhos, apenas estão a limpar as mãos daí e a tornar a sua consciência menos pesada. Estes homens chegaram à conclusão que, ao dizer coisas negativas sobre eles próprios, vão encerrar a discussão.

Uma das minhas amigas mais queridas ligou-me ontem num pranto. O homem, que ela julgava que era o seu grande amor, simplesmente tinha chegado à conclusão que não queria estar numa relação com ela. Notem, ele não disse que não gostava dela. Ele não concluiu que não queria uma relação com ela antes de fazer milhares de planos com ela. Ele não se apercebeu que não estava preparado para uma relação quando passava todas as noites em casa dela e lhe deixava recados escritos pelas paredes. Um dia acordou e simplesmente disse que não conseguia gerir aquilo, porque o problema era dele, ele é que tinha errado, ele é que não conseguia estar bem, ele, ele, ele... E ela? Ela é que é a maluca por ter visto sinais e feito planos que, afinal, ele não queria.

E é mesmo por isso que os homens são uma treta. Porque nos metem coisas na cabeça e nos fazem acreditar que sentem coisas que, na verdade, não sentem. Porque enquanto nós, mulheres, lhes abrimos o coração e jorramos uma tonelada de emoções, eles encenam sentimentos que não têm e dizem palavras que não querem dizer.

Porque quando um homem me deixa mensagens de voz às tantas da manhã a dizer que gosta de mim e que não aguenta a minha ausência, quando me grita para não o deixar, quando me diz que sabe que sou a mulher da vida dele porque comigo é um terramoto constante e é disso que ele precisa na vida dele, quando me enche a cabeça de sentimentos que não tem durante meses e meses e, quando lhe abro o coração, ele decide voltar para a sua namorada e dizer que foi tudo uma paranóia da minha cabeça, a maluca sou eu?

Está na hora de homens deixarem de usar gaslighting como uma forma de se desresponsabilizar dos danos que cometem às mulheres e serem homens para assumir as merdas, sim merdas, que fazem. Se não querem fazer planos de vida, não façam. Se não querem uma relação com uma mulher, não o digam. Se só querem levar uma mulher para a cama, abram o jogo. Sejam honestos. Não lhes mostrem sinais que não existem. Não as façam acreditar em sentimentos que não têm. Não criem expectativas, sonhos e ideais que não pretendem cumprir. Porque não há nada mais destruidor, além de um coração partido, do que uma alma dilacerada.


6 comentários

  1. Sei tão bem o que isso é... gostam, gostam, gostam mas depois estavam confusos. Os homens são uns bebés, isso é que é...
    Beijinho
    Sofia

    ResponderEliminar
  2. Podia ter sido eu a dizer essas palavras porque concordo com tudo. Mais um vez Helena you rock!

    ResponderEliminar
  3. Lá vêm os textos anti-homens. Depois admiras-te de estar solteira. Que azedume...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que pessoas tão estúpidas estas que vêm comentar coisas horrorosas. Este post foi uma partilha de uma história, não tem azedume nenhum. Mas ser anónimo é muito mais fácil...

      Eliminar
  4. Não conhecia essa palavra nem essa terminologia mas concordo inteiramente e gostei imenso de ler. Já passei pelo que a tua amiga passou (a outra pessoa de repente terminou tudo sem dar qualquer tipo de explicação, apenas dizendo que não estava bem) e eu também senti o mesmo, que a culpa era minha. Questionei-me imensas vezes sobre o que tinha feito porque, ao não ser honesto, ele deixou-me a cabeça livre para divagar.

    Os homens têm uma grande dificuldade em ser honestos, em dizer o que sentem e o que querem. Enfim... Ainda estou à procura do The One. Mas vai chegar ;)

    Beijinho

    Gosto muito do teu blog.

    Tânia

    ResponderEliminar
  5. Onde está o botão do "like" no post? :D não sou muito de escrever; mas tinha que te subscrever ;) beijo no coração!

    ResponderEliminar

Latest Instagrams

© Helena Magalhães. All Rights Reserved. Design by Fearne.