O AMOR É OUTRA COISA #15 Como apanhar um traidor no Facebook

16 de setembro de 2015


Toda a nossa cultura nos mete na cabeça a ideia de que nascemos para ser felizes. Crescemos com os filmes felizes-para-sempre da Disney, somos adolescentes a ler o felizes-para-sempre do Nicholas Sparks e, quando entramos no pós-adolscência, ouvimos o felizes-para-sempre de tudo o que nos bombeia a rádio. Dos filmes, às telenovelas, aos livros e às músicas, o amor e o ser-se feliz com alguém ao nosso lado é o pináculo de toda a nossa vida. E isso pressupõe que a felicidade é um dado adquirido - mas, na realidade, o que nós temos são picos de felicidade, alternados com picos de infelicidade e, na maioria das vezes, estabilidade. Nós nascemos para ser felizes, é verdade, e eu gosto de acreditar nisso.

Mas como conseguir ter crença no feliz-a-dois quando o nosso "dois" é feliz a três, quatro, a cinco, a seis...?

Imaginem este cenário: um casamento cheio de gente, um dos amigos do noivo está lá com a sua namorada e, de mão nas costas dela, não tira os olhos de vocês. O que é que faziam? Levantavam o dedo do meio? Viravam a cara? Davam-lhe um pontapé na cabeça? Mas se estão frente-a-frente com ele na mesa, no meio de um casamento, fica difícil fugir. Horas mais tarde, a rapariga apanha o bouquet da noiva (aaaalll the single ladies, aaaalll the single ladies) e eles comentam que vão ser os próximos a casar. Felicidades, adeus adeus e vamos embora felizes da vida, tranquilas e em paz por não termos um homem connosco. Dormimos sozinhas, é verdade. Mas, do mal o menos, não temos ninguém a trair-nos naquele momento.

No dia seguinte, o boneco do casamento descobriu-nos no Facebook e enviou-nos uma mensagem. E começa a estupidez. Não vou colocar a conversa inteira mas queria só reforçar que a fotografia dele de perfil é a dar um beijo na boca da noiva do bouquet do dia anterior. Só para aumentar o nível de estupidez ainda mais um bocado.


Era uma coisa que querias muito? Hummm sim, adoro bouquets e queria apanhá-lo para casar contigo e ser traída todas as sextas-feiras à noite no Urban Beach.


Quando ele disse que era muito honesto, ia caindo da cadeira de tanto rir. A resposta antes desta foi que, estando num casamento, e não tendo mais para onde olhar a não ser pessoas, eventualmente tinha olhado para ele, tal como tinha olhado para os outros 300 convidados. Com a idade perde-se um bocado os rodeios, disse ele. E os valores morais também.


Querem saber se um tipo é um cabrão no Facebook? Há várias formas: ou não vos adiciona e passam da troca de mensagens para o número de telemóvel e para as conversinhas de whatsapp. Ou tem a sua lista de amigos privada e ninguém a pode ver. Este, ficou logo nervoso com o pedido de amizade - as outras pessoas iriam ver. Aí está o alerta cabrão (como se o ter namorada/noiva não fosse já um alerta suficientemente gritante).

As partes desfocadas são informações sobre pessoas que estavam no casamento e que não interessam aqui a esta história. E a partir daqui, esta converseta tornou-se um monólogo. E tu conhecendo a moda, aplicas no teu dia a dia em ti?, pergunta ele. Isto é uma pergunta? Não percebo sequer o que é que ele quer saber.


Continuo curiosa? Não - só tinha perguntado a idade dele para perceber em que nível de estupidez de vida é que ele estava. Não queria saber todas as suas frustrações laborais. 


Para tudo! Para tudo! Se responderes, fá-lo amanhã de manhã sff, diz ele. Este idiota nem sequer tenta, pelo menos, fingir que toda esta converseta é natural. Responde amanhã para a minha noiva do bouquet não ver sff, pode ser? Sim, pode ser, claro que sim. Vamos lá meter-nos num motel qualquer em Sintra num dia em que digas que ficas a trabalhar até mais tarde com o teu cliente de 77 anos que fez uma luxação muscular e precisa de exercícios extra. E, sff, tenta não me passar clamidia pode ser?

E nem é só isso, é ele acreditar que a ausência de resposta é por motivos de trabalho. Não pode ser porque ele é um atrasado mental e a converseta acabou? Idiotas como este sabem que são bonitos e, como tal, fazem o que lhes apetece. Dão três ou quatro conversas simpáticas, enchem-nos de elogios e preferem os whatsapps ao facebook porque afinal não passam tanto tempo no facebook como parece. Têm a lista de amigos privada porque não sabem como tirar e foi o facebook que a meteu assim. São muito honestos e pensaram muito antes de falar connosco porque é a primeira vez que estão a fazer esta abordagem. O objectivo é fazer-nos sentir especiais. Connosco vai ser diferente. Porque connosco houve um click diferente...

Eu gostava, gostava mesmo, que tipos como este não se safassem a enganar mulheres por aí. Gostava que todas as que caem nestas conversas tivessem a frieza (ou já soubessem a missa de trás para a frente) que eu tenho para desdenhar destas situações. Mas, tal como eu fui, noutra vida num passado longínquo, enganada e emocionalmente ludibriada por quem nos toca ao coração ao querer tocar-nos à cueca, todas as mulheres têm de passar por isto um número razoável de vezes até aprender. Ou até já conseguirem identificar cabrões a uma légua de distância.

Ou numa conversa de chat.

38 comentários

  1. Clamidia jajajaja, buenísimo chuliña, bem falado!

    ResponderEliminar
  2. Esse merecia uma conversa , um pouco mais natural, da tua parte à namorada-noiva dele.
    Só assim naquela de " ah vi que apanhas-te o bouquet...A porpósito, o teu namorado-noivo veio falar comigo...É muito simpático....devíamos sair um dia destes..."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaha nunca faria isso - embora ele merecesse. Pior que cabrões, são traidores cabrões!

      Eliminar
    2. Ai eu faria alguma coisa, não me aguentava! Nem que fosse fazer questão de adicionar a namorada-noiva no facebook para ele ter um ataque de pânico.

      Eliminar
  3. Isto é tão mau mas tão mau, e tão mas tão verdade!! :( Que gajo burrooooooooooooo! ahahaha
    beijooooooooooooo

    ResponderEliminar
  4. Não sei porquê mas acho que tens uma costelinha de Carrie Bradshaw :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah já me têm dito mas acho que é só porque é a única referência que temos relativamente a escritoras. E ficou um icone da cultura popular :)

      Eliminar
  5. Tão verdade tudo o k disseste
    👔gajos k os pariu
    Lol

    ResponderEliminar
  6. Opa o que me estou a rir... esse gajo é uma personagem ahahah.

    Adorei a Clamidia, tão verdade xD

    ResponderEliminar
  7. Se a opinião permite, o meu comentário sai completamente fora das massagens de ego! A única costela que vejo, aliás eu diria a única estrutura esquelética que observo é aquela que atrai toda esta forma simplória de existência num Ser.
    A verdadeira essência de um Ser, na minha opinião, passa por ter a capacidade de não gastar tempo de vida, tempo esse numa montanha de consumos supérfluos, de comprar e descartar! Já alguém Sábio dizia que quando compras algo não compras com dinheiro, compras com tempo de vida, tempo esse que tiveste de gastar para ter dinheiro, agora, a grande diferença é que a única coisa que não podes comprar é a vida!
    Aqui, neste espaço outra hora comentado, aquilo que apenas se vê é supérfluo, aparente, consumista, aproveitador de fragilidades, sensacionalista e por consequência íman de alguém que por momentos, quis "comprar" e "descartar" um objecto, neste exemplo um pedaço de carne que saciasse o vicio que é sustentado e explorado diariamente em tudo o que nos rodeia, pois tudo aquilo que ele vê neste espaço e no espaço que rodeia o seu autor é o consumo, promoção carnal na visão que ao homem diz respeito e não vida! O que vejo neste texto é uma auto mutilação por parte de quem o escreve, é o repudiar de todo um histórico de inter relações falhadas e fracassadas pela fantasia de um vazio, do nada, de uma focalização no objecto e não no sentimento.
    É impossível atrair alguém que procure o amor, num "espaço" ou "mundo" que rege os seus princípios, que abdica do seu tempo de vida, a fomentar, inventar ou neste caso publicitar tudo aquilo que é supérfluo, material ou consumista, ludibriando com histórias sensacionalistas e exploratórias na parte a que diz respeito a ignorância feminista.
    No próximo ano que cá passar das duas uma, ou vamos continuar a ver este sensacionalismo barato e ai vou perceber que parte da ignorância feminista não evoluiu, ou então vou chegar e perceber que isto acabou dado que houve uma evolução mental e um sentido de interesse muito maior pela vida, que acabou por ajudar esta alma desesperada a vive-la de uma forma mais sentida e realmente vivida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh God xD

      Há com cada um...

      Eliminar
  8. Podes responder só no meu intervalo de trabalho das 13h às 14h? ahahahaha :P

    ResponderEliminar
  9. Eles estão em todo o lado... Sei bem o que falas, quando nos tentam fazer acreditar que somos especiais.. É assim que mexem com a nossa cabeça. Enfim. também já estou calejada como tu.
    Gostei muito deste post :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mexem com a nossa cabeça mas é por isso que a única coisa que podemos fazer é vestir armaduras mentais que nos protejam destas armadilhas. Porque é muito fácil cair ao fim de uma semana, um mês, dois meses de conversas...

      Eliminar
  10. Isto é o pão nosso de cada dia.. Algo muito natural nos dias que correm.. Espanta-me é perderes tempo a responder e pior a fazer uma publicação no blog.. Serviu para aumentar a autoestima ao menos?

    Enfim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Serviu para o meu propósito: escrever sobre homens e relações. Ou a falta delas :) Se este é o meu trabalho, tenho que tirar algum partido disto...

      Eliminar
    2. Não te esqueças é que as mulheres também fazem isso..

      Eliminar
    3. Claro que fazem - todos fazemos. Mas se eu não lésbica, não posso escrever a minha experiência com o mesmo sexo. Estas crónicas são para um único público-alvo: as mulheres.

      Eliminar
  11. Concordo com grande parte mas a verdade verdadinha é que apagaste várias mensagens tuas ;) também topo à légua. Lol.

    Good luck!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Óbvio que faltam mensagens minhas e eu própria digo isso no texto :) Não está a conversa inteira porque não valia a pena. Eu respondi o que queria para obter dele o que pretendia. Num outro post lá para trás, também está uma conversa com outro idiota em que eu dou respostas estapafúrdias para ver até onde ele vai. Não há nada para topar :)

      Eliminar
  12. Isto faz-me lembrar à uns anos que fui com a minha irmã e o namorado dela tomar café e foram também uns amigos deles que eram mais velhos que eu (sou a irmã mais velha) e já casados (à pouco tempo pelo que tinha percebido)! Durante o tempo no café foi tudo normal, entretanto fomos à discoteca e depois o homem veio-me dizer que se iam embora,.... (tínhamo-nos desencontrado da minha irmã e do namorado)! Até aí tudo bem mas achei estranho ele vir falar comigo visto que não tínhamos trocado nenhuma palavra no café! No dia a seguir tinha um pedido de amizade dele e aceitei por ser amigo do namorado da minha irmã! Foi aí que começou a conversa esquisita... Que tínhamos que ir tomar café, que eu era muito bonita que isto e aquilo! As primeiras vezes ainda respondi para não ser mal educada....depois ficou a falar sozinho como esse!! E o mais engraçado é que não percebeu porque tentou por várias vezes meter conversa e não obteve resposta da minha parte! O que é que se passa com esta gente? Eu não quis ser mazinha porque o que ele merecia era fazer print screen e mandar para a mulher dele mas tive pena dela por ter alguém assim.... Enfim --'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mais engraçado é que quando são os homens a não deixarem-nos a falar sozinha, ficamos chateadas/tristes e colocamos em causa tudo o que somos (porque é que não me fala? sou feia? sou chata? sou assim? sou assado). Mas quando somos nós a não responder, eles não se preocupam com isso e batem na mesma tecla as vezes que forem preciso até cedermos... :)

      Eliminar
  13. Curioso... se os filhos da puta dos homens são assim todos iguais porque é que escolhem tanto???
    Oh amiga isto sempre foi assim até mesmo no tempo do meu avô... simplesmente agora as coisas tomam maiores proporções porque se utilizam as redes sociais para tudo até pra cagar. Queres um conselho de um gajo mais velho que tu? Não dramatizes! Parva foste tu de não ter aproveitado e davas o fora...
    Descansa que como ele há imensa mulher do género... falo por experiência própria... somos todos feitos da mesma merda minha amiga. Sê feliz...

    ResponderEliminar
  14. A lógica desta publicação é a mesma que atender um operador de telemarketing, e não havendo qualquer interesse, independentemente da proposta que for feita, continua se a dar conversa 'so mesmo naquela para ver até onde vai dar' ou ' para provar que todas as propostas são falcatruas' lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Completamente de acordo! E serei apenas eu que penso que a conversa foi demasiado longe? Se eu estivesse a falar com um homem comprometido e de facto não tivesse nenhum interesse no mesmo (tal como refere entrelinhas e não nas mensagens) teria acabado com a conversa rapidamente.

      Eliminar
  15. oh diabo... este tipo de escrita ainda me estraga o negócio... vá, vá...tudo de volta à pipoca mais doce e à página de fb da rita pereira

    ResponderEliminar
  16. Achei piada ao texto, mas na minha opinião gastaste demasiado tempo com esse otário. Volta e meia também recebo mensagens "esquisitas" e fico surpreendida. No meu status diz que sou casada e sou mesmo, logo não deveria receber mensagens "esquisitas". Não respondo e pronto. Assunto arrumada. Há coisas bem melhores onde gastar o nosso tempo precioso. Beijinho

    ResponderEliminar
  17. Engraçado, não li tudo nem me dei ao trabalho, mas sei bem o tipo de gaja que és , aliás tens uma amiga que fez isso a um homem casado e destruiu uma relação de 6 anos, enfim !! que sejam felizes!! :) Se o Gajo se meteu contigo é porque vocês têm bem o ar de meninas que vão com qualquer um e que se sujeitam a ser ao outras em troca de uns jantares pagos em restaurantes caros para as meninas porem no blogue!! o engraçado é que os parolos até caem !! sabes como vos chamam quem vos conhece no Norte ?? Finas !! lol , DE qualquer forma boa sorte, não se esqueçam do Karma!! o Karma é lixado.. um dia outra como tu pode fazer isso a alguém que está ao teu lado e de quem gostas e não vais gostar!! Pois é ladrão que rouba ladrão tem 100 anos de perdão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá A Outra, obrigada pelas dicas. De facto, e parafraseando, conhece bem o tipo de gaja que eu sou. Casamentos destruídos ao fim de seis anos porque uma das partes quis terminar a relação e saiu de casa não inviabiliza que surja uma terceira pessoa - pelo contrário, até abre lugar a isso. E ainda bem que assim é: um coração partido cura-se com uma nova relação que nos faça um refresh à alma. Beijinhos aos amigos do Norte - as finas vão agora jantar em restaurantes caros para por no blog. Au revoir!

      Eliminar
  18. A culpa é de quem os escolhe! Escolhem, escolhem, tanto escolhem que depois não acertam.... ou melhor, acertam em cheio!! Não tenho pena nenhuma das mulheres que vão na conversa da tanga, têm o que merecem ;)
    Ricardo

    ResponderEliminar
  19. No meio disto tudo, tenho pena da moça do boquet :X

    ResponderEliminar
  20. Helena sou tua fã !

    Adorei !

    Ee sabes que mais??! Estes últimos posts de quem questiona o tempo que dás e o que escreves são nada ! E sabes porquê ? são anónimos, são gente sem cara ! Talvez os primeiros a acompanhar meninas de Bouquets !

    Bj da Cercas!

    ResponderEliminar
  21. Para ser homen, aquele gajo escreve mesmo muito. Eu perdia o interes em ele 5 minutos depois.

    xo!

    ResponderEliminar

Latest Instagrams

© Helena Magalhães. All Rights Reserved. Design by Fearne.