Parque Eduardo VII Eduardo VII Park Lisbon

25 de março de 2016 Lisboa, Portugal











Toda a gente que vem a Lisboa gosta de passar no Parque Eduardo VII. Confesso que não é dos meus preferidos, por causa do barulho, da confusão e por estar pouco isolado, mas este não deixa de ser o maior parque do centro da cidade e onde gosto, às vezes, de parar um pouco. Antigamente, era chamado de Parque da Liberdade e só em 1903 foi baptizado de Parque Eduardo VII em honra de Eduardo VII de Inglaterra que firmou a aliança entre os dois países.

Este parque (ocupa 25 hectares!) foi aberto no início do século XX como um prolongamento da Avenida da Liberdade e viria a sofrer várias alterações até à configuração que vemos nos dias de hoje: uma faixa central de relva ladeada por longos passeios com a nossa calçada portuguesa. Lá dentro encontra-se também a Estufa Fria (com plantas exóticas, riachos, cascatas e um sítio para um outro post) e, lá perto, um lago com carpas. No topo, e onde eu estava, existe este miradouro onde foi erguido o Monumento ao 25 de Abril e que, na altura, foi alvo de polémicas pela sua forma fálica (acreditam? Somos tão conservadores!) e, acima, o Jardim Amália Rodrigues como homenagem à grande artista do fado.

Aqui de cima consegue-se ter uma vista do centro da cidade em direcção ao Tejo e que vale a pena a subida só para se poderem sentar e simplesmente admirar ou, se tiverem tempo, ou quiserem um fim de tarde mais tranquilo, podem deitar-se na relva, ler e descontrair no centro da cidade.
__________________________________________________________________________________

Eduardo VII Park is a must stop when visiting Lisbon, located on the extreme north side of the Liberty Avenue, right behind the Pombal Marquis Square. I confess that it's not one of my favorites (because of the noise and the fact that it's not isolated like other parks) but this is the biggest park in the city center. It was formerly called the Liberty Park and only in 1903 became the Eduardo VII Park, in honor of Edward VII of England who signed the alliance between the two countries. 

This park (occupies 25 hectares) was opened in the early XX century as an extension of the Liberty Avenue and would undergo several changes until the configuration we see today: a huge area of grass flanked by long walks paved with the typical Portuguese mosaic. One of the beautiful spots of this park is, with no doubt, the Cold Greenhouse - a real green museum where plants and flowers from the five continents grow together, waterfalls, lakes and this goes for another post. At the top, there is this amazing viewpoint that provides excellent views over the city. And above, the Amalia Rodrigues Garden as a tribute to our greatest singer of fado. This park is frequently used to hold exhibitions, concerts and the annual booksellers fair.

From here, you can see this beautiful view of the city towards the Tejo River and is worth the climb just to sit in the stairs and simply admire the view or, if you have time or want a quiet afternoon, you can lie down on the grass, read and relax a little bit.



















I Was Wearing: Tudo Jumbo Moda (nova colecção)
Fotografias tiradas por Faz de Conta Fotografia

1 comentário

  1. Parque da Liberdade?? Nunca tinha ouvido falar. Ma estavas linda :)

    ResponderEliminar

Latest Instagrams

© Helena Magalhães. All Rights Reserved. Design by Fearne.