Algumas das coisas que mais gostei este ano...

22 de dezembro de 2016

















Eu não gosto de dar sugestões de presentes porque, sei lá, até eu própria tenho dificuldade em oferecer presentes a outras pessoas. Por isso, prefiro pensar de uma outra forma: o que é que eu gostei de receber (ou gostaria de) este ano e que acho que qualquer outra pessoa ficaria feliz? Dito isto - e porque vi, ontem à noite, os Armazéns do Chiado lotadíssimos com pessoas loucas a fazer compras de última hora - pensei em algumas das coisas que recebi nos últimos tempos e que, eventualmente, serão boas sugestões last minute.

Livros...

Óbvio que a minha primeira sugestão serão livros. Este ano tive a oportunidade de ler tantos, mas tantos, bons livros, aprender, crescer, viver emoções, chorar, rir que nem louca, que continuo a acreditar que nada bate a sensação de nos sentarmos no sofá com uma caneca de chá e um bom livro pela frente.

Coffrets...

Eu nunca entendi o potencial dos coffrets até, há uns 3 anos, ter oferecido um à minha mãe e ela ter ficado, durante meses, a guardá-lo na prateleira (sem abrir) porque queria olhar (ainda mais) para ele. E eu dizia: por amor de Deus, abre e usa os produtos. E ela dizia: vou abrir, vou abrir... Houve muitos que gostei ao longo do ano mas vou mostrar alguns dos últimos que recebi - de Natal - e que vos poderão inspirar.

  • A OPI tem estas pequenas caixinhas de mini-vernizes: um presente simbólico mas de certeza apreciado. 
  • A nível de embalagem, vou eleger os Caudalie porque são extremamente amorosos. Este é o Rose de Vigne e traz uma fragrância (eu tenho duas do ano passado e são maravilhosas - podem vê-las na minha prateleira no último post que escrevi de perfumes), um gel de duche e um creme de corpo. 
  • A caixa da Comfort Zone é deliciosa, com as rosas desenhadas, mas o que mais me chamou a atenção foi o produto estrelinha lá dentro: o Tranquility Blend - uma das fragrâncias de assinatura da marca mas que tem uma particularidade: favorece o relaxamento, ajuda a repousar à noite e cria uma sensação de bem-estar mental e físico. Excelente para a ansiedade (um dos meus pesadelos). Traz também um creme de banho e uma loção corporal.
  • Esta caixa gigante da The Body Shop é simplesmente... um luxo. Traz os produtos mais icónicos (no seu tamanho original). É um pouco cara (ronda os 100€) mas é um presente wow.
  • O coffret da Clinique é um mimo para olhos: traz um creme hidratante de contorno de olhos, uma máscara de volume e definição, um desmaquilhante para olhos e a bolsa é rosa e fofinha.
  • Penso que a caixa enorme da Quem disse, Berenice?, não se vende mas queria mostrar-vos esta nova marca do Grupo Boticário (já falei dela no Observador) que tem produtos fantásticos, coloridos e super jovens e pode ser um bom presente para uma filha, irmã, prima...







Beleza...

Tudo o que eu poderei dizer de beleza nunca vai ser suficiente. Mas além do seu valor associado à imagem, eu, pessoalmente, acrescento-lhe um valor brutal de empowerment e auto-estima. Estou sempre a dizer isto, eu sei. Mas não há forma de errar num presente quando oferecemos beleza. Algumas coisas que eu adorei e que vos poderão inspirar:
  • Os sabonetes Claus são especiais para mim (como escrevi aqui) mas mais do que isso é o packaging de sonho que a marca cria. Tenho dezenas e é-me sempre tão difícil abrir porque não lhes quero dar uso. Quero guardá-los (nem falo na minha mãe... se não abre um coffret, podem imaginar que também não abre um sabonete precioso).
  • Perfumes são sempre perfumes. E são o presente de eleição por norma. Como estou a fazer a minha acção de surpresas, não vou falar em perfumes mas deixo só esta sugestão de Jean Paul Gaultier - Classique - um oriental floral que representa todo o universo feminino. A embalagem é uma obra de arte autêntica.
  • As colecções de MAC são sempre divinais mas destaco estas últimas: a Nutcracker (soldadinhos de chumbo, quão amoroso é?) com uma série de produtos em tons de rosa choque e dourado e a colecção da Mariah Carey toda ela cheia de brilhos. 
  • Para quem procura oferecer um produto de maquilhagem, gostei imenso da Palette 5 Couleurs de Guerlain que tem uma base, dois tons nude e dois tons smoky para fazer contrastes perfeitos. E do trio de Artistry, três sombras em pincel (uma espécie de creme em pó) em tons metálicos para as festas e boas opções para substituir as sombras. Além disso, as embalagens são lindíssimas (parecem pequenos batons gloss).








Agendas e postais...

Sim, eu ainda escrevo postais e cartas e bilhetes. Adoro. E, como seria de esperar, ainda amo receber agendas - tal como recebia na minha adolescência a icónica "A minha Agenda" (falei dela aqui). Não deve haver ninguém, ao dia de hoje, que não conheça a Mr Wonderful e, sem dúvida, que é das marcas de momento mais bonitas para se oferecer. Além de um presente útil, está-se a fomentar a escrita - o que é sempre bom :)



3 comentários

  1. O que na verdade eu mais gosto é que estás sempre a passar alguma mensagem em tudo. Não mostras coisas que recebes só porque sim. E adorei a ideia de fomentar a escrita :-)
    Um beijinho e bom Natal :*

    ResponderEliminar
  2. Eu recorro bastante aos coffrets, para a mãe e para a sogra pelo menos, há excelentes opções!

    ResponderEliminar
  3. Também sou uma eterna apaixonada pela Mr Wonderful!

    ResponderEliminar

Latest Instagrams

© Helena Magalhães. All Rights Reserved. Design by Fearne.