Precisamos mesmo de fazer detox de sumos? Claro que não. É apenas uma moda parva.

8 de outubro de 2018


Entre as mil e uma modas das redes sociais que me enervam, a dos sumos detox é, de longe, uma das principais. É aquele cenário de: fui de férias, comi tantas porcarias, aiii preciso mesmo de fazer um detox. Hum, não, não precisas. O conceito de "desintoxicação" não existe. Em termos médicos é mesmo absurdo.


Começando pelo início, e vou ser muito prática porque não sou especialista nem este é um site médico, mesmo que tentemos limitar a nossa exposição a toxinas o máximo possível, os nossos corpos absorvem-nas todos os dias dos alimentos, do meio ambiente e dos produtos que colocamos na nossa pele. Imaginando que fizemos tanta porcaria ou temos um estilo de vida tão agitado que o nosso corpo acumulou mesmo muitas toxinas, podemos ficar mais cansados, com dores de cabeça, insónias, sensibilidades alimentares, etc. Até aqui tudo bem. Mas então nós vivemos num corpo humano e ele é do mais inteligente que se possa imaginar. É mesmo uma máquina perfeita. E tem um sistema próprio que consegue eliminar todas estas toxinas. Chama-se fígados, rins, sangue, sistema linfático, pele, pulmões e cólon. Trabalham todos os dias para libertar o nosso corpo de tudo aquilo que é mau e que ele absorve. Eis que aparecem as empresas de detox que se baseiam na premissa de que o corpo pode ter uma ajudinha extra para fazer tudo aquilo que, na verdade, já faz sem ajuda.

Os detox estão associados a este universo imaginário de se ser magro, bonito, saudável e todas estas coisas das insta-vidas a que estamos expostos diariamente. E se inicialmente esta moda começou apenas pelos sumos e smoothies de aspecto saboroso e que ficavam giros nas fotografias do Instagram, tornou-se quase um movimento liderado por figuras públicas, modelos e influenciadores de lifestyle e de fitness que se assumem como adeptos desta moda que é baseada em tudo menos na ciência.

O que é afinal um detox?

"Vamos ser claros, há dois tipos de detox: um é respeitável e o outro não. O respeitável é aquele que é um tratamento médico para pessoas com alguma dependência de drogas. O outro é a palavra que foi roubada por empresários, curandeiros e charlatões para vender tratamentos falsos que supostamente desintoxicam o corpo de toxinas que alegadamente acumulou", diz Edzard Ernst, professor da Universidade de Exeter no UK ao jornal The Guardian.

Se o nosso corpo acumulasse toxinas ao ponto de não as conseguir expulsar e precisar de um detox, provavelmente estaríamos mortos ou a precisar de uma intervenção médica séria. E não a beber sumos ou chás que prometem desintoxicar e perder peso. Provavelmente até se perde peso, mas isso não tem nada a ver com toxinas. Estamos é a passar fome durante dias.

Os detox são saudáveis?

Provavelmente não. Muitas vezes, vocês acabam por passar três dias a beber toneladas de sumos de fruta e vegetais, então estão a consumir grandes quantidades de açúcar, o que estraga os vossos níveis de insulina, pode causar acne, ainda mais fadiga e, claro, muita fome. Além disso, não há provas científicas de que beber sumos de vegetais vai ajudar a perder peso ou a "purificar" o corpo de supostas toxinas. Ou seja: totalmente o oposto de "limpar o corpo" como estas marcas apregoam. E ainda estão a perder nutrientes essenciais como gorduras boas e proteínas.

"Ah mas eu sinto-me sempre muito bem após um detox", dizem os fãs...

Muitas pessoas sentem que estão menos inchadas, com menos retenção de líquidos e até têm mais energia. Mas os médicos dizem que isso acontece apenas porque, nesses dias, estão a fazer refeições mais pequenas e a comer alimentos mais saudáveis, o que faz o vosso corpo funcionar melhor do que quando comem quilos de porcarias como bolachas, batatas-fritas, refrigerantes, doces ou bolos. Mas isso não significa que os vossos níveis de toxinas são maiores ou menores.

E, mais uma vez, estão a privar o vosso corpo de nutrientes que ele realmente precisa para o sobrecarregar de açúcar em nome de uma "limpeza" que ele não precisa e que nenhum sumo vai conseguir fazer.

O que podem fazer caso realmente precisem de um detox?

Deixar de consumir as coisas que vos estão a intoxicar, sejam elas fast food ou álcool. Se passarem uma semana sem isto, o vosso fígado e os vossos rins já vão fazer uma festa dentro do vosso corpo. Mas a ideia de que o vosso fígado precisa de uma "limpeza" depois de um fim-de-semana de excessos é apenas parva.

O verdadeiro detox que o vosso corpo precisa é de uma vida sem tabaco, com exercício físico e uma alimentação equilibrada e variada sem dietas extremas e da moda. Imaginem algo como isto: legumes, frutas, queijos, saladas, cereais integrais, peixes, carnes... Todos estes alimentos dão ao corpo proteínas, aminoácidos, gorduras insaturadas, fibras, amidos, vitaminas e minerais para o manter saudável e a funcionar em perfeita harmonia.

Então por que alguém no seu perfeito juízo sente a necessidade de se punir com dietas de sumos durante dias para ser saudável?

Só para terem uma ideia, até os alimentos saudáveis como os brócolos e outros vegetais contêm pequenas quantidades de substâncias tóxicas (no caso dos brócolos, o cianeto). Mas estas pequenas quantidades de "toxinas" também fazem bem ao corpo porque estimulam as enzimas do fígado a desintoxicar melhor outros compostos.

Quem é que realmente ganha com os detox?

Muitas marcas de sumos e muitas figuras públicas e influenciadores que os apregoam aos sete ventos como o milagre que as limpou. Não vocês. Se pesquisarem no Google pela palavra detox, vão encontrar mais de 70 milhões de acessos. E esta indústria já ultrapassou lucros de cinco mil milhões anuais e está a crescer cerca de 8% ao ano.

Este tipo de dietas e filosofias detox podem mesmo ajudar-vos a fazer uma espécie de "reset" no vosso estilo de vida, mas os benefícios são puramente psicológicos ou espirituais. O conceito de detox não faz muito sentido médico e não é aconselhado, mas se isso vos faz sentir melhor ou mais felizes, e se for apenas por dois ou três dias, façam-nos. Mesmo que os únicos benefícios que vão ter é fotografias giras para o Instagram.

O que posso fazer para ter uma vida mais "clean"?

Oh, já sabem, o básico: uma alimentação equilibrada, sem alimentos processados (ou alimentos que vêm numa embalagem), eliminem os açúcares refinados, façam cinco ou seis refeições por dia, cozinhem as vossas refeições ao invés de as tirarem de uma caixa e colocarem no microondas...

E outras coisas que também são amigas do corpo e da mente: vivam mais, passem menos tempo nas redes sociais a ver o que as figuras públicas ou as influenciadoras andam a comprar para emagrecer, leiam mais, saiam mais de casa, durmam bem, façam exercício físico e descubram aquilo que funciona melhor para vocês. Eu não tenho paciência para ginásios e essas coisas. Então faço natação e hidroginástica.

E bebam muita água. Esta é a forma mais óbvia de promover o movimento das toxinas para fora do corpo, além de que vão ficar hidratados, a vossa pele vai ficar mais bonita e vão sentir-se bem, com energia... ora e não é isto que os sumos prometem?

Fontes:

4 comentários

  1. AMEN! Alguém que fala sobre isto e expõe tudo a nu!!!

    ResponderEliminar
  2. Um dos teus posts mais bem conseguidos. Se há coisa que aprecio é uma verdadeira influencer a citar artigos científicos e a tornar (ainda) mais acessível a relevante informação que se consegue encontrar na internet. Só é desinformado quem quer! Que venham mais destes (ainda que saiba a trabalheira que dão a preparar).
    Beijinhos!
    BLOG Há mar e Mara & Instagram

    ResponderEliminar
  3. Post credível, bem explicada, acessível ao leitor que pode ser ou não informado nestes temas, fontes onde foi buscar a informação. Eis uma influenciadora que realmente sabe o que faz. Parabéns!

    ResponderEliminar

Latest Instagrams

© Helena Magalhães. Design by FCD.