Buscar
  • Helena Magalhães

Just Tea




Acho que já não é novidade para ninguém (que me leia), o meu amor ao chá. Para mim, não há ocasião propícia ao chá – bebe-se em qualquer hora, em qualquer momento. E raros são os dias em que não beba. Quando os boys da Primetag foram a Londres, trouxeram-me uma caixa de English Tea, para me babar. Já o bebi todo entretanto.

E, como trabalho muito fora de casa, gosto de conhecer sítios onde me sinta bem e onde possa dar asas ao meu amor. Conheci o Just Tea por mero acaso. Parei à montra a ver uns produtos artesanais e fui obrigada a entrar. Era chá por tooooooooodo o lado.

Só para entenderem, tudo aqui tem pitadas de chá: os bolos, os licores, as compotas. E não encontram nada do que se bebe aqui na prateleira do supermercado. Todos os chás são da Índia, do Sri Lanka, da China, da África do Sul… os nomes eram tão bizarros que nem fazia ideia do que pedir. Optei pela sugestão que me deram porque era um chá que, além de ingredientes exóticos, tinha de base chá preto (o meu all time favourite). Claro que também há sugestões sem chá – só para desenjoar – e eu comi scones e biscoitos (tudo biológico). Também se podem comprar chás para trazer para casa yey ou mesmo comprarem online



Como já falei várias vezes: opto sempre pelo conforto acima de qualquer outra coisa. Tanto nos sítios onde estou, como naquilo que visto. Faz-me imensa confusão ver pessoas que, admito, estão bonitas mas parecem-me tudo menos confortáveis na sua própria pele. Raramente falo grande coisa da roupa que estou a usar – porque toda a gente tem olhos, não preciso descrever o que visto – mas queria só destacar este vestido que encontrei nos saldos dos saldos dos saldos da Zara e os ténis da Deichmann, que comprei para desporto mas depois percebi que ficavam muito melhor no dia-a-dia.











O Just Tea situa-se em Cascais, mesmo na rua principal.

Fotografias tiradas por Faz de Conta Fotografia

#Lisboa

© 2014-2019 Helena Magalhães. Todos os Direitos Reservados.