Buscar
  • Helena Magalhães

Nos Alive diary




Este fim de semana, estivemos no Nos Alive por onde passaram nomes como Muse, Ben Harper, Disclosure ou Sam Smith. Como já tinha falado no Facebook (e quem me segue, leu), o único concerto que queria verdadeiramente ver era Jessie Ware, que cancelou no próprio dia, mas o lado bom de um festival é exactamente o ambiente deslumbrante que nos absorve a todos os níveis. E, por isso, não podíamos deixar de ir para viver um pouco esta atmosfera festivaleira que, durante três dias, invade Lisboa. Para quem nunca foi, aconselho vivamente a comprar bilhetes no próximo ano, independentemente do cartaz. Além dos concertos e da envolvência citadina única que, ao cair do dia, nos proporciona uma vista absolutamente magnifica, esta é uma experiência verdadeiramente inspiracional a todos os níveis e que nos faz perceber quão pequeninos somos neste universo e como a música tem um poder brutal que une as pessoas, independentemente da língua, dos gostos e dos valores que temos. Espero que gostem desta pequena série de fotografias que mostra, um pouco, o que vivemos e que vos pode deixar uma inspiração fotográfica para criarem o vosso próprio diário. Este será, para mim, o último festival deste ano. Mas que isto seja um mote para o próximo ano, ano de Rock in Rio, de mais um Alive e que vos faça ter vontade de viver na primeira pessoal um festival português.


This weekend, we went to Nos Alive festival to see names like Muse, Ben Harper, Disclosure or Sam Smith. As I had already spoken on my FB page, the only gig that I truly wanted to see was Jessie Ware, who canceled in the last minute, but the bright side of a festival is exactly the stunning environment that absorbs us all levels. So, we couldn’t have never missed this beautiful atmosphere that spread through Lisbon for 3 days. If there’s one thing I can recommend, it’s definitely to get yourself some tickets for next year, regardless the headliner. In addiction to the concerts and the breathtaking view for Lisbon by the fall of the day, this is an incredibly inspirational and uplifting experience that makes us realize how little we are in this universe and how music has a brutal power that brings people together, no matter what our language, music tastes or values are. Hope you’ll enjoy this series of photos about the festival and get you the mood for a coming visit to Lisbon. Next year, we’ll have Rock in Rio and another Alive and you if your are coming to Lisbon, make sure to book your travel for the dates of these festivals. You’ll have a truly experience of a Portuguese festival.



As placas de orientação eram a coisa mais querida do mundo


Passei no stand da Well’s para fazer uma maquilhagem Gosh no segundo dia



A melhor vista do palco, com o cair do sol por trás
















LISBON, NOS ALIVE FESTIVAL, July 9th – 11th 2015

#Lisboa

© 2014-2019 Helena Magalhães. Todos os Direitos Reservados.