Buscar
  • Helena Magalhães

O AMOR É OUTRA COISA #16 O que nunca queiram ser: a ex-namorada psicopata


Este não é um artigo para os homens – mas também pode ser.

Já todos se depararam com uma ex-namorada de alguma forma louca e que, a dada altura, vocês não têm nada mais para lhe dar se não pena e desprezo, certo?

E agora – para as mulheres – todas nós somos ex-namoradas de alguém. E no futuro, algures incerto, vamos encontrar um homem fantástico que vai ter outras mulheres no seu passado. O que me leva ao cerne da questão: se não gostamos de lidar com ex-namoradas doentes porque razão nos tornamos numa? E o que é mais assustador, além da forma como mulheres racionais e equilibradas se transformam, de repente, em psicopatas atrás de homens, é como é que nós, mulheres, ao invés de nos virarmos contra eles, viramo-nos umas contra as outras.

Em última análise, a culpa é sempre do homem. E nunca da outra mulher. Se foram traídas? A puta não é a pessoa com quem ele vos traiu – ele é que é um idiota que não merece sequer o tempo que perdem a ofender a outra. Se vos deixou por outra? A nova namorada não é, lá vou eu para as ofensas, a cabra. Ela, eventualmente, vai ser tão enganada quanto vocês foram. Se terminou a vossa relação sem dar um motivo e, uma semana depois, o veem marcado em fotografias com outra? Óbvio que não é para ela que vão mandar mensagens e comentários ofensivos. Mesmo que eles se tivessem conhecido enquanto vocês ainda estavam juntos – sim, sim, sim – a culpa é dele porque são precisos dois para dançar o Tango e não foi a outra que lhe fez a cabeça para terminar a relação convosco.

Porque, acreditem, quando eles não querem acabar, não acabam.

Mulheres – em que momento senil é que vos passa pela cabeça atacarem a outra mulher – quer seja ela a nova namorada, a ex-namorada ou uma qualquer que ele conheceu na noite?

No último post d’O Amor é Outra Coisa, deixaram-me este comentário:

A Outra9/17/2015 05:22:00 PM

Engraçado, não li tudo nem me dei ao trabalho, mas sei bem o tipo de gaja que és , aliás tens uma amiga que fez isso a um homem casado e destruiu uma relação de 6 anos, enfim !! que sejam felizes!! 🙂 Se o Gajo se meteu contigo é porque vocês têm bem o ar de meninas que vão com qualquer um e que se sujeitam a ser ao outras em troca de uns jantares pagos em restaurantes caros para as meninas porem no blogue!! o engraçado é que os parolos até caem !! sabes como vos chamam quem vos conhece no Norte ?? Finas !! lol , DE qualquer forma boa sorte, não se esqueçam do Karma!! o Karma é lixado.. um dia outra como tu pode fazer isso a alguém que está ao teu lado e de quem gostas e não vais gostar!! Pois é ladrão que rouba ladrão tem 100 anos de perdão!

Na altura não disse nada mas esta comentadora, A Outra, está a referir-se a uma amiga minha que, neste momento, tem uma relação com um tipo que era casado (com ela!). Porque razão é que foi a minha amiga a destruir o casamento? Porque é que esta comentadora, ao invés de resolver os seus esqueletos com o ex-marido, ataca a nova relação dele que não tem nada a ver com isso? Mesmo que eles já estivessem juntos (que não estavam) durante o casamento, a minha amiga seria a última a ter a culpa nesta história toda. A comentadora A Outra andava na sua vidinha de separada (por opção própria, foi ela a sair de casa tipo… hello?) a curtir o dinheiro do ex-marido e, quando o viu, feliz, com outra pessoa, de repente é todo um drama porque ele lhe destruiu os sonhos de amor eterno e ela, a minha amiga, é uma grande cabra que lhe roubou o marido.

O problema das mulheres – e eu, por norma, defendo sempre a nossa causa – é virarem-se umas contra às outras. É colocarem todas as suas frustrações numa outra qualquer que, só por ser a nova namorada, é mais feia, é mais gorda, é mais puta. É mais tudo!

Se passam demasiado tempo no Facebook a perseguir virtualmente tudo o que o vosso ex-namorado faz, em quem mete likes, em quem comenta, quem é a nova namorada dele, se fazem printscreens de fotografias dela e mandam para todas as vossas amigas para que todas respondam o quão feia ela é (e, acreditem, eu também já fiz isto e não me orgulho), se lhe enviam mensagens a meio da noite, se ofendem a nova namorada, se querem sabotar esta nova relação… lamento informar-vos mas estão a entrar no território da loucura. E não é fácil sair dele.

Ser a ex-namorada psicopata nunca, mas nuuuuunca, vai trazer aquele homem de volta.

E só vai, em última análise, servir para cinco minutos de gargalhadas enquanto ele mostra as vossas mensagens aos amigos numa noite qualquer nos copos.

Homens – já lidaram com ex-namoradas loucas? O que fizeram?

Mulheres – já se sentiram assim alguma vez na vida? Partilhem.

Quero perceber o que ambas as partes sentem.

#OAmoréOutraCoisa

© 2014-2019 Helena Magalhães. Todos os Direitos Reservados.